4.6.12

Review de 2x25 - Unmasked, de Pretty Little Liars

Faltando apenas um dia para a tão esperada terceira temporada de PLL, eu não podia deixar de fazer alguns posts especiais, né? Então, até amanha na hora da estreia do episódio eu farei alguns posts sobre a série. Nesse post eu farei um review do último episódio da segunda temporada. Se você ainda não viu e não quer saber quem é -A e mais vários spoilers, não clique para continuar lendo!


O episódio começa com a noticia de que o policial Garrett foi preso acusado de matar Alison DiLaurentis - possivelmente por ter roubado a famosa página cinco. Seria só ele envolvido ou todo o N.A.T Club?
A autópsia foi devolvida a polícia por Jenna, ex do Garrett. Em um episódio ele diz a, até então, namorada que tinha pego a página e que agora nada os ligara à aquela noite. Então, entregando ele, Jenna não estaria se complicando também?
É claro que ele é um fortíssimo suspeito de ter matado a nossa garota, mas caso não tenha feito, não foi a primeira vez que tentam incrimina-lo. Lembram do episódio que a casa dos DiLaurentis incendeia com a Jenna dentro? A pessoa que começou o incendio deixou o destintivo do policial lá.

Logo após essa cena, Melissa sempre misteriosa aparece. Ela acredita que Ian não matou Ali e não acha estranho o Garrett ter matado-a, pois diz que se ele fez, é porque ela merecia. Após isso, ela pega o yorgut de Aria, que tem sabor "toffe" - Mona, no hospício diz que usava um batom chamado "toffe tango". Teria aí alguma ligação?

Então, -A manda uma mensagem para nossas lias que dizia: "Ainda tem algo que me pertence. Devolva ou alguém irá para um saco de corpos. -A" se referindo ao celular dela que ficou com as meninas. Depois, elas recebem convites para um baile de mascára com um bilete dizendo: "estejam lá ao badalar da meia-noite."

Elas vão para o apartamento de Ezra para ver a mala da Ali de novo, na esperança de achar novas pistas. Mais uma vez, uma das liars dizem que a Aria sabe guardar um segredo. Suspeito, não? Elas descobrem o Resort Lost Woods e vão até lá verificar, em uma cena paralela ao filme "Psicose". 


O dono do lugar age de forma estranha quando Spencer pergunta sobre o quarto 1, o quarto onde Vivian Darkbloom - ou Alison de peruca, chamem como quiser - se hospedava. 
Emily recebe uma ligação de Maya e sai do quarto para ver se o sinal fica melhor. Nesse momento, alguém passa correndo, entra no quarto e vai até o banheiro, onde Hanna tomava banho - cena paralela ao filme psicose. 

Emily não consegue falar com Maya. A seguir, vem outra cena paralela ao filme: -A observando as meninas por um buraco na parede. 


Jenna, a pseudo cega de batom vermelho, vai de carro - mas pera, ela não está fingindo ser cega? - encontrar alguém misterioso e diz "todas estarão na festa, você sabe o que fazer" e entrega algo. O que ela entregou e quem seria essa pessoa que ela confia tanto a ponto de revelar que está enxergando? 

No baile, diversas vezes aparece duas loiras misteriosas, uma de cabelo liso e outra de cabelo enrolado, que tomam todo cuidado para não mostrar o rosto. Seria Ali? Kate? Ou alguém para nos distrair?


Mona conta para Spencer sobre ter encontrado Vivian em uma loja em  Brookhaven. Acredito que se o flashback não for falso, Ali está viva e por trás dessa história de -A. Depois de pedir ajuda de Mona, Ali/Vivian diz que a ajudará a ser popular. 
Uma teoria é de que Ali esteja viva e tenha simulado tudo, deixando o caminho livre para Mona se tornar a nova "abelha rainha" e que as duas tenham se juntando ao -A team. Não sei se acredito nessa teoria, porém acredito no flashback porque mostra a outra parte do cartão que as liars acharam do Resort. 

Aparece alguém mexendo no celular, Aria recebe uma mensagem e vai ao encontro de Ezra. Esse alguém a segue e se revela sendo a Jenna. Não é suspeito? Será que a Jenna estava ajudando os dois a se encontrarem? Porque ela faria isso? E se for com Ezra que Jenna encontrou e entregou uma mascara para ele ir ao baile, porque ela diria que estava pensando como seria quando o visse de novo e mostraria não ser mais cega? Estranho, Jenna, estranho.

Depois de saber da história de Mona e Vivian, Spencer volta até o resort, entra no quarto 2 e descobre o "covil da -A". Peruca loira, mascaras, diários da Ali, fotos, bonecas, jornais... E o desenho da fantasia da tão comentada Cisne Negro. 


Para mim, a Cisne Negro foi apenas para desviar nossa atenção e ela era na verdade a Ashley, mãe da Hanna, que só estava lá para tomar conta de sua filha. Outra teoria suspeita é que quem estava de verdade de Cisne Negro era Aria. Ao ser questionada sobre isso, Marlene disse que está tudo nos detalhes.


E então, Spencer descobre que -A, ou parte de -A, é Mona. 

Dra. Sullivan volta, mas, será que ela arriscou o seu filho ou ela faz parte do jogo? Alias, será que o seu filho é um personagem que já conhecemos? Qual será a ligação dela com Toby?

A penultima revelação do episódio é o corpo de Maya sendo encontrado. Teria alguma ligação com a mensagem que as liars receberam sobre alguém ir para um saco para corpos? O que realmente aconteceu com ela e porque Melissa estava lá? Teria Maya sido morta por saber demais? E porque a cena tem um paralelo com a cena da morte de Ali?

No final, Mona, após ter deixado claro que existe um -A team, é visitada por alguém usando um casaco vermelho. Vivian? Dra. Sullivan? Aria? Melissa? Jenna? Existem várias opções. Mas, não acredito que seja grande coisa, já que, segundo a Marlene a visitante será revelada logo no primeiro episódio da terceira temporada.

E no ultimo segundo, a tela fica totalmente vermelha. O vermelho é o novo preto.

Um comentário :

  1. Ameii sua explicação. Fenômenal!!!

    Fernanda

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...